quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Top 10 Desenhos da Hanna Barbera


Saudações a vocês opulenta massa inculta que move este país.Translation: Falaê macacada! Na postagem de hoje eu vou proteger o pouco de dignidade que os desenhos animados ainda têm, relembrando algumas das mais memoráveis produções de uma das maiores empresas de animação de todos os tempos. Hanna-Barbera para queles imbecis sem cultura que lêem esse baguio  que não sabem e perguntam: quem é essa tal de Hanna Barbera? eu vos digo: NÃO É UMA PESSOA SEU ANIMAL DE TETA é a empresa de animações americanas responsável pela criação da maior parte dos desenhos que você já assistiu em sua miserável vida. O nome vem de seus idealizadores William Hanna e Joseph Barbera, responsável por uma boa centena de obras. Sem mais delongas,vamos a lista:



10- Família addams





  Repleto de personagens sádicos e com o senso de humor mais doente do mudo a Família Addams foi uma das fontes principais de humor negro da infância de todos. Esse desenho ficou tão famoso que Hollywood teve de aproveitar a família contra-senso sensação do momento em vários filmes, que por falar nisso, são ótimos para assistir num domingo a tarde.

9- Corrida Maluca


Como um desenho de corrida podia ter um orçamento tão baixo e fazer tanto sucesso? Até hoje eu me pergunto isso, os personagens não tinham grande desenvolvimento exceto o único vilão Dick Vigarista que eu arrisco dizer foi o primeiro anti-herói que eu já vi, duvida de mim? Quantas vezes vc se lembra de ouvir o Peter Perfeito falar e compara com o Dick Vigarista. Apesar de eu sempre torcer pro professor com o carro que se transformava em qualquer coisa Richard Vigarista sempre vai estar mais fresco na minha memória.

8- Os impossíveis



Super heróis que no tempo livre são rockstars e dirigem um carro voador....dispensa comentários neh?

7- Os Herculóides



Uma família que com a ajuda de cinco animais fantásticos defendem o planeta Quasar das invasões de inimigos...não tem muito mais o que falar dessa serie, os grandes atrativos eram sem duvida os animais, um gorila de pedra, um rinoceronte de dez patas que atirava bombas pelo chifre, um dragão que soltava raios dos olhos e podia voar no espaço e duas gosmas que eram elasticamente indestrutíveis...era uma serie sem muito humor e muita ação coisa rara naquela época.

6- Tom & Jerry



 A fonte de toda a violência, a origem da pancadaria, razão de vc se meter em encrenca por ter colocado um fósforo acesso nos dedos do pé do seu irmão....sim Tom & Jerry era tudo isso e muito mais, foi um grande marco da animação mundial e influencia até hoje todo tipo de Cartum.
.


5- Jonny Quest



Ah esse é um clássico, um garoto que acompanhava seu pai, um cientista a serviço do governo americano, em missões com um agente federal, um indiano mágico e seu fiel cachorro Bandit, que não fazia outra merda a não ser trazer problema e inimigos ao grupo....a melhor coisa desse desenho era a variedade de cenários, visitando basicamente todas as partes do globo e algumas vezes o espaço eles ganharam minha eterna atenção em seus episódios.

4- Capitão Caverna e as Panterinhas


 
CAPITÃO CAVERNAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!! Se vc nunca deu esse grito vc não teve infância...como um desenho com um super-herói homem das cavernas e uma versão teen de As Panteras podia fazer tanto alarde....eu soh tenho 2 palavras pra responder isso CAPITÃO CAVERNAAAAAAA!!!! Era uma ótima desculpa pra gritar =D


3- O laboratório de Dexter



Este é um dos poucos exemplos de sucesso atual da hanna-barbera, a maior parte de vocês pirralhos nascidos na década de 90 pelo menos se lembra desse desenho por isso nem vou me dar ao trabalho de descrevê-lo pra vocês já é o cú da cobra eu ter que descrever tantas coisas incríveis da minha infância, eu me nego a descrever coisas atuais, criação de Genndy Tartakovsky pai de outros desenhos incríveis como Samurai Jack e Clone Wars e outras nem tão incríveis como as meninas super poderosas, Tartakovsky se tornou um dos mais respeitados desenho-animadores atuais.


2- Space Ghost



Space Fucking Ghost....esse era um dos meus desenhos favoritos,pensa no Batman, agora pensa no batman no espaço com 2 ajudantes e o ingrediente secreto que faz de tudo um pouco mais engraçado.....um MACACO....(do espaço)!Fez tanto sucesso que depois da serie original ter sido cancelada Space ghost ganhou um talk show no adult swim do Cartoon Network: Spaceghost Costa a Costa, entrevistando pessoas célebres como Matt groening e os Ramones com um humor absurdo e forçado.

1- Coragem o Cão Covarde



Sim Coragem o cão covarde....meu desenho predileto da Hanna Barbera...por que? bem este eh um desenho sobre um cão cagão com um furo no dente que faz de tudo pra salvar Muriel sua dona e fugir de Eustacio marido dela, mas isso não é o importante, o importante eram os traços cômicos, os vilões, e as vezes até umas cenas meio gore, ou muito nojentas que só provocavam riso fazendo você ter um pouco de pena do pobre canídeo e até um pouquinho de orgulho quando ele mostrava (figurativamente) ter culhões e salvava o dia.


Bom essa foi a MINHA lista de melhores da Hanna Barbera, ninguém pediu minha opinião mas francamente eu acredito estar fazendo um serviço publico ao passá-la para vocês, juventude desvairada que de alguma forma consegue gostar de monstruosidades como Phineas e Ferb, 3 espiãs demais, e Ben10 ¬¬, perderam uma optima chance de desligar a TV e ler um livro, Já que o futuro tá me assustando vamos lembrar do passado!



quinta-feira, 26 de maio de 2011

Godzilla

Sabe, querido nerd incauto e desocupado, crescer foi bastante difícil pra mim, pra ter uma noção disso vou me descrever um pouco....tenho quase 1,90m de altura, mais quilos do que gostaria de publicar aqui e uma envergadura de mais de 2 metros.....e eu sempre me “destaquei na multidão” por assim dizer, bastava olharem para cima para ver o sol se escondendo atrás de mim. E isso sempre me acarretou alguns problemas fora do comum, do tipo, eu não poderia jamais pegar emprestado roupas de amigos sem que eu automaticamente parecesse um Power ranger obeso, e nunca participava das brincadeiras de lutinha pq se eu o fizesse minha mãe receberia ligações de outras mães preocupadas de porque quando os filhos dela brincavam de Power rangers eu era o megazord ¬¬ e pra piorar eu era comicamente estabanado o que me rendia umas boas surras quando eu tinha que segurar algum objeto caro e frágil. Sentiu o drama? Enfim eu tinha que controlar bastante essa maquina de destruição e caos que é o meu corpo, e algumas vezes eu queria saber o que poderia acontecer caso eu não me controlasse....foi aí q num belo dia eu liguei a televisão e vi isso!



Que exemplo melhor para meu dilema que um lagarto gigante que cuspia radiação destruindo Tókio? Eu havia encontrado meu ídolo, GODZILLA o rei dos monstros, uma das figuras mais icônicas do cinema, como não se sentir nostálgico quando a primeira coisa que me vem a mente agora é a classica cena do godzilla saindo do mar precedido daquele borbulhamento no mar japonês. Ele apareceu pela primeira vez em 1954 num filme homônimo, concebido por Eiji Tsuburaya o criador do Ultraman se você não sabe o que é Ultraman eh melhor vc sair desse instante do meu blog e apelar para o Google seu paspalho sem cultura!  Godzilla se destaca no gênero suitmation, que basicamente quer dizer: tem um caboclo dentro dakela fantasia de lagartão!!o conceito básico de cada um dos 28 filmes do godzilla que já foram filmados se dividia em 2 categorias:

1- Godzilla sai do mar, visita uma ilhazinha pacata do Japão, toca o terror, luta com o exercito e era derrotado.

Ou

2- Godzilla sai do mar, e pelejava com aliens, ou monstros gigantes, dependendo do humor do diretor, em lutas épicas que geralmente destruíam mais do que ajudavam.

Preciso dizer qual das duas categorias era a minha preferida?

A aberração hollywoodiana chamada Godzilla (1998) com Mathew Broderick se encaixa mais no primeiro caso não é? Não sei se é por isso, ou pelo protagonismo falho de Broderick nesse filme que eu o odeio tanto. O fato é que o segundo conceito rendia uma coisa muito mais preciosa do que o astro de curtindo a vida adoidado lutando contra um monstro gigante........DOIS MONSTROS GIGANTES LUTANDO ENTRE SI!!!!!




Meus olhos brilham nesse momento só de lembrar cada contenda, cada batalha, cada bafo atômico...era épico e nada alem disso... “mas que outros monstros gozilla enfrentou?” voce nerd incauto deve estar se perguntando, o nomes que me vem a mente são King Ghidorah, Mothra, Jet Jaguar, Megalon entre outros, o que? Você não faz a menor idéia do que esses nomes representam? Para a sua eterna sorte eu sou um cara que se preocupa em fazer um trabalho bem feito e ta aqui um videozinho q mostra cada um deles.



Godzilla é muita cultura...da até pra se divertir com o filme...sabe o que você vê enquanto rebobina um filme do Godzilla? Um lagarto gigante que ajuda a reconstruir meia cidade e depois faz um moonwalk de volta para o oceano.


Enfim, esses filmes fizeram da minha infância uma coisa mais feliz mas também me ensinaram que se você vê um japonês correndo apavorado é uma boa chance pra por seus exercícios em dia. Bom... Ja que o futuro ta me assustando vamos lembrar do passado.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Top 10 Desenhos de infãncia favoritos

10- Dragonball



LUTA!!!!!!!!!!!!!PORRADAAAAAAAAA!!!!!!!!!!SANGUE!!!!!!!!!!!!!KAMEHAMEHAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ah a boa fonte de violência da minha infância, o Japão parece beber em goladas dessa fonte ¬¬ esse anime era mais comumente apreciado por meninos do que meninas, sempre dava um tema legal para brigas de brincadeiras que sempre resultavam em retumbante merda como era muito bem apontado por minha avó. Nesse décimo colocado saibam que estou contando somente a serie original criada por Akira toryama ou seja somente Dragonball e Dragonball Z jamais assistam a serie GT de dragonball...é um desrespeito para com nossa suspensão da descrença.



9- O Coiote e o Papa-léguas


Assistir a esses desenhos nunca fica velho, é incrível como a Warner conseguiu melhorar o jogo de gato e rato de Tom e Jerry e transformar numa coisa absurdamente mais exagerada e cômica, com estratagemas elaborados e uma dose cavalar de ironia, Willy o coiote sempre fazia nossa alegria enquanto afundava num precipício só para desaparecer numa fumaça seguida de um som seco de batida.



8- Timão e Pumba


HAKUNA MATATA! 2 personagens tirados direto de talvez uma das melhores animações da história, o poderoso chefão das animações da Disney, O Rei Leão. Essa é uma serie dedicada ao alivio cômico do filme, o suricate timão, e o javali Pumba que cativaram o coração de milhares de crianças que ainda hoje choram a perda de Mufasa. Fez tremendo sucesso quando passava na TV CRUJ no SBT.


7- Ducktales os Caçadores de Aventuras


Era o melhor que a Disney podia oferecer nos anos 90 e meu deus como eu gostava de assistir cada episodio era simplesmente cheio de historias fantásticas e aventuras sensacionais que na época faziam minha cabeça...e de vez em quando, quando a globo decide reprisar essa serie, eu sempre assisto.


6- Snoopy


Inteligente e incrivelmente recheado de piadas inteligentes e alfinetas na nossa percepção de mundo Snoopy foi memorável, e se tornou facilmente o cachorro mais conhecido da historia merece destaque nessa lista.


5- Thundercats


Quem nunca pegou uma espada de brinquedo e bradou a plenos pulmões: thunder....THUNDER......THUNDERCATS!!!!!!!HOOOOOOOUU!!!!!!!!!!!

É simplesmente unânime esse desenho era muito contagiante, torcendo pelos gatos do trovão contra talvez umas dos melhores e mais memoráveis vilões de infância Mumm-Rá com aquela voz arrepiante ESPIRITOS DO MAL...TRANSFORMEM ESSA FORMA DECADENTE EM MUMM-RÁ O DE VIDA ETERNA!!!! Vocês viram como esse desenho me afeta!


4- Cavaleiros do Zodíaco


Facilmente o anime mais marcante da minha infância e de provavelmente 9 entre 10 nerds que neste momento estão a ler esse top 10, uma estética única, com uma temática concisa e simples que encaixava bem com as lutas, esse desenho gerou uma onda de venda de figuras de ação(bonequinhos) dos cavaleiros, muitos chegam a ter coleções deles. E ainda por cima tem sua abertura brilhantemente adaptada pela banda Angra. PÉGASUS FANTASY DESEJOS A REAALIZAAAR!!!!!!!!!!!


3- X-MEN



Cara como eu gostava dessa serie, apesar de ser a amostra mais especifica da estética que os anos 80 tinham para nos oferecer um incessante fascinio por lasers, figurino digno de uma novela cyberpunk e uma abordagem a dilemas éticos e morais que abordavam desde drogas a briga de gangues entre os episódios, era impossível não assisti-la, só ouçam a musica de abertura e me digam se ela não enche suas veias com a necessidade de chutar meia dúzia de bundas.


2- Caverna do Dragão


Clássico, todo mundo se lembra desse desenho, talvez por seu mundo fantástico, talvez pelos personagens célebres, mas é mais provável que seja por essa serie ter sido cancelada antes da conclusão de sua historia, o que levou aos lendários finais originais que rolavam de boca em boca em pátios de escolas por todo o Brasil, uns diziam que os personagens estavam mortos e que aquilo era na verdade o inferno, outros diziam que eles estavam em coma devido a um acidente num parque de diversões, outros ainda que o Mestre dos Magos era na verdade o Vingador!!!! Enfim, esse é um mistério muito instigante, talvez exista mesmo uma versão original do final veiculando pela internet, mas mesmo sem ela, esse desenho chega ao topo da minha lista.


1- Batman: A Série Animada



Essa era uma serie incrível e alguns de vocês já deveriam estar esperando por sua colocação como minha serie animada favorita, abordando facilmente meu super-herói favorito com uma tonalidade sombria, não o suficiente para assustar, mas sombria o suficiente para deixar aquele gosto de quero mais no final de cada episódio, fazia meus olhos brilharem de emoção.

Sem contar também que é um desenho feito para todas as idades, agradando desde jovens a adultos plenos, com uma dramaticidade rara nesse gênero, e uma trilha sonora incrível, além do fato de ter a melhor trilha de abertura da historia dos desenhos animados, ouçam.



Lembrem-se esse foi meu top 10 de desenhos favoritos, essa lista é uma opinião somente minha, ta legal que ela é obviamente melhor que a sua, tolo leitor incauto, mas é bom ser bem explícito nesses casos, é sempre bom evitar trolls. Ja que o futuro ta me assustando vamos lembrar do passado.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Guloseimas Nostálgicas I



Ahh as incriveis guloseimas de infância, não existe um único ser humano que não se lembre dos quitutes maravilhosos, com embalagens berrantes aos olhos, que lhes proporcionavam delírios sensacionais, e energia para suas estripulias. A gente se alegrava com poco neh? Cada criança tinha seus preferidos, porem enumerar todos eles seria uma tarefa árdua demais para só um blogueiro, que, diga-se de passagem, está  neste momento sem saco para pesquisar doces até os confins da internet ¬¬.

Alguns desses petiscos, infelizmente já não se encontram mais entre as prateleiras de supermercados e mercearias de esquina, e é em homenagem a eles que faço esse memento.Vamos começar pelos:

Salgadinhos:



Do que eram, e ainda são, feitos os salgadinhos? A embalagem sempre dizia haver milho como composição majoritária de cada salgadinho, mas sé era de milho...... porque será que eles sempre pareciam pedaços de isopor com tempero de miojo??? Esse era um mistério que povoava minha mente com duvidas e incertezas enquanto eu saboreava aquele pedaço de incógnita magnífico. Como o que eu estou saboreando agora mesmo :). Me lembro que alguns dos melhores salgadinhos, por alguma razão desconhecida foram “descontinuados”, como bem dizia o Seu Geraldo da venda da esquina de casa, entre eles os mais celebres eram talvez, o Doritos de Salsa, mais conhecido como Doritos Verde, o Zambinos, o salgadinho sabor pizza da Elma chips, e o famigerado Cheetos tubinho de cheddar, que para a felicidade daqueles que ainda não sabem VOLTOU!!! poucas pessoas esqueceram o sabor magnificamente artificial dessa iguaria, eu que na epoca tinha completo controle de minhas capacidades mentais e físicas sabia que aquilo era completamente falso ahhh como a mentira era deliciosa. Talvez a lembrança mais querida de todos vinda desses maravilhosos pacotes de gordura trans fossem as SURPRESAS, aqueles pedacinhos de plástico colorido que nos faziam vibrar, e muitas vezes brigar nos recreios da escola, fossem tazos, cards ou até tatuagens....aquelas coisas só faziam a gente querer comprar mais e mais, e é assim meninos e meninas que a industria cultural estupra suas infâncias =D. 

Sem contar os adereços de cada brinde sensação da estação, cada tazo, cada card, cada figurinha, vinham com álbuns para poder guardar mais brindes ainda! cada nerd oldschool leitor dessa budega sabe do que eu to falando, porta-tazos, master-tazos,e os famigerados tape-tazos....Esses adereços podiam ser conseguidos em qualquer banca ou posto de gasolina por um precinho módico  era só vc comprar por um preço absurdo um pedaço de plástico que te permite guardar mais pedaços de plásticos, para que você então pudesse ou trocar de pedaços de plástico repetidos ou jogar com esses mesmos pedaços de plástico para que você pudesse assim completar sua coleção de pedaços de plástico....meio doente né?


Mas quem se importava com essas coisas quando se era criança? A gente queria mesmo era comer salgadinho o dia todo, enquanto assistiamos Thundercats e brincavamos com nossos bonecos dos Power Rangers e pra lavar akela serragem na nossa boca uma coca de vidro geladissima coca-cola de vasilhame começando a congela é a definição de fucking awesome no meu dicionario=0....mas coca-cola é assunto pra outro topico, e o importante é que agente se divertia. Já que o futuro ta me assustando vamos lembrar do passado.




quarta-feira, 30 de março de 2011

Bets



Bom deus como esse jogo era legal, ele conseguiria ganhar de futijolo, policia e ladrão, passou-levou, e burquinha todos combinados. Poucas sensações se comparavam a aquela de quando você rebatia aquela bolinha para alem do quarteirão, e corria com toda sua vontade, mais feliz que pinto no lixo, pra cruza os bets...ahhhh minha infância que saudades.O nome dessa oitava maravilha podia variar bastante, bets, bete-ombro, taco, eram muito comuns, porém na minha cidade ela recebia outra nominação aparentemente única, Lesca. Ninguém na faculdade sabia do que eu estava falando quando eu dizia que jogava lesca melhor do que o Ary Toledo fazia piadas sujas ¬¬.


cai dentro bundão.

O jogo precisava de poucas coisas para sua execução, dois Betes ou tacos, podendo ser desde pedaços de cerca, até metades de cabo e vassoura para os que tinham boa mira como era o meu caso hehehe ; 2 casinhas, geralmente garrafas pet com o fundo cheio de areia; e a bolinha quase sempre uma bolinha de tênis. O campo ideal seria um lugar aberto, plano, e sem casas por perto. Mas como um campo desses não existia por perto o negocio era jogar na rua mesmo=D. Uma casinha era posta no inicio do campo, então contavam-se 20 passos largos para posicionar a próxima casinha, e então era desenhado um circulo em torno de cada casinha. As duas duplas então entravam no campo, uma com os betes e outra com a bolinha Cada jogador da dupla que está com o "bete" fica posicionado em uma casinha, com o taco sempre tocando o chão dentro da circunferência da casinha.

 Quando a bolinha é lançada, os rebatedores têm que obviamente rebater o mais longe possível, juuura??? com isso, alguém da dupla sem os taco tem que pegar a bolinha, dando a disponibilidade para que a dupla com tacos possa trocar de lugar batendo um taco no outro no meio do caminho, cada cruzada de betes valia 1 ponto, o jogo acabava com 10 pontos. A única maneira de se marcar pontos é cruzar os betes, logo a única maneira da dupla da bolinha fazer pontos era pegar os betes, que só podiam fazer em dois casos: quando um deles pegava a bolinha e atirava num integrante da dupla que estava sem o bete no chão dentro da área da casinha “queimando” o infeliz, ou ainda quando eles derrubavam uma casinha com a bolinha sem um bete dentro.


quem ficava com o taco sempre se sentia o Lion dos Thundercats (vide imagem acima)

Como você pode notar esse é um esporte complexo e muito fino que despertava um senso de companheirismo e competição impares, que nos fazia saborear ainda mais a nossa infância. Lembro-me das mais gloriosas lendas de minha cidade, Edinho o menino que conseguiu derrubar uma casinha de um jogo de bets paralelo ao nosso, André o moleque responsável por mais de 12 janelas quebradas incluindo a de alguns automóveis ¬¬ e Juninho o único que conseguiu perder quatro dentes de leite jogando lesca, depois de levar uma tacada na boca, sua mãe nunca mais o deixou jogar com a gente e ele nunca mais deu um sorriso que não fosse torto depois disso. Esse jogo tinha o selo FUCKING AWESOME® de qualidade, quem já jogou sabe do que eu to falando, e quem não jogou, bem eu tenho a teoria de que, quem nunca jogou bets tem uma seria tendência a ouvir bandinhas coloridas, assim como é mostrado no gráfico abaixo:



Deu até vontade de jogar bets alguém topa? Já que o futuro ta me assustando vamos lembrar do passado.

terça-feira, 29 de março de 2011

O Monstro do Armário



Se tem uma coisa que adoro é filme de terror trash....pode nomear, Vingador Tóxico, O Ataque dos Tomates Assassinos, Piranhas Assassinas Voadoras, O Ataque dos Vermes Malditos 1,2 e 3....ja vi todos, mas esse aqui é quase um xodó de tão genialmente besta  e hilariante que é....com vocês: O Monstro do Armário.


Esse filme conseguiu me chamar atenção porque, mesmo eu tendo apenas 12 anos quando o vi pela primeira vez, não pude crer que eles estavam satirizando tantas coisas ao mesmo tempo. A história começa com um monstro do armário atacando pessoas quando elas se aproximam de seus armários, entre elas um cão guia, um velho cego, e uma menininha, nunca dizem quando ou como ele surgiu. Na minha opinião, ele é um Gay que passou tempo demais dentro do armário e sofreu modificações malignas devido a naftalinas velhas e cuecas sujas, que o transformaram em “O Monstro do Armário”.


que monstrinho lindo coisinha do titio

Um repórter que percebe uma coincidente aparição de corpos dilacerados dentro dos armários de varias pessoas começa a desconfiar que algo muito suspeito pode estar ligando esses assassinatos. O RLY? Enfim tudo que você precisa saber sobre ele, é que ele é um Clark Kent com superpoderes similares aos dos quadrinhos, só que ao invés dele ser indestrutível e soltar raios laser pelos olhos, quando ele retira os óculos toda e qualquer mulher entra num transe hipnótico pela beleza dele. Doido neh? É porque vc ainda não viu o que acontece qdo se mistura esse superpoder com um monstro do armário gay ¬¬. Sim como todo bom trash ele tem que ter toneladas de nonsense  e começamos por esse caso de amor entre um monstro gay e um reporter besta.


 monstro - vc conhece o mário?

Outro núcleo dessa obra de arte é o núcleo da família de Professor. Não ele não é um professor, Professor é o nome de uma criança nesse filme ¬¬ sim eu to falando serio...e sim a mãe dele tem um ou dois neurônios mal funcionais. Ela trabalha numa universidade como professora, e freqüentemente (com trema...é oldschool baby ;D) recebe como visita a nossa alusão oficial a Albert Einstein, o Dr. Pennyworth, que costumava participar de debates com o padre local na casa da professora antes de começar a fazer experimentos sobre o monstro com um xilofone. Sim vc leu corretamente, XILOFONE entende porque eu adoro esse filme?=D


Einstein agora ataca de musico

Os atores desse filme exercem seus papeis de maneira excelente, antigamente eu acreditava que esse filme era tosco por falha do próprio diretor, tamanha era a capacidade dos atores de agir como se tudo que estava acontecendo fosse normal, ah e uma curiosidade, a menininha que nós vemos no trailer, ela é a Fergie do Black Eyed Peas...sim o monstro do armário comeu a Fergie quando ela tinha 8 anos de idade não desse jeito seu nerd doente e pederasta ¬¬ aquele foi o primeiro trabalho dela, mas também foi o primeiro trabalho de outra estrela atual, Paul Walker,o protagonista de Velozes e Furiosos faz o papel do Professor. Duvido que qualquer um deles declare abertamente que fez esse filme hehe...

Fergie a 0:28 Paul Walker a 0:57



Enfim esse filme é muito bom e marcou minha infância eu recomendo a todos que gostem desse gênero maravilhoso do cinema que é o terror trash, esperem mais criticas desse gênero. Já que o futuro ta me assustando vamos lembrar do passado.